.: Bancos fazem feio na criação de empregos

Enquanto o mercado formal de trabalho brasileiro foi responsável por abrir 1.464.457 vagas entre janeiro e outubro de 2013, como saldo entre admissões e demissões com carteira assinada, os bancos mais uma vez puxaram os números para baixo e ficaram devendo ao país.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na semana passada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o setor bancário extinguiu 2.611 postos de trabalho no período. Foram admitidos 33.683 trabalhadores nos bancos, mas desligados 36.294. A conta só não foi pior graças à Caixa Federal, que teve saldo positivo de 4.676 vagas: entre empregados (6.9599 e desligados (2.283).

DADOS GERAIS – Em 2013 são quase 1,5 milhão de empregos formais (1.464.457), crescimento de 3,7% em relação ao estoque, que chega agora a aproximadamente 41 milhões.

Fonte: Sindicato dos Bancários de SP

.: Veja Mais

Imagem Indisponível

CRESCIMENTO DO PAÍS NÃO PODE SER COMPROMETIDO POR TAXA MAIOR SÃO PAULO

Imagem Indisponível

Relatório da OIT destaca política brasileira de valorização do mínimo

Imagem Indisponível

Definido calendário das primeiras rodadas de negociações dos financiários

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente