.: Bancos fazem feio na criação de empregos

Enquanto o mercado formal de trabalho brasileiro foi responsável por abrir 1.464.457 vagas entre janeiro e outubro de 2013, como saldo entre admissões e demissões com carteira assinada, os bancos mais uma vez puxaram os números para baixo e ficaram devendo ao país.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na semana passada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o setor bancário extinguiu 2.611 postos de trabalho no período. Foram admitidos 33.683 trabalhadores nos bancos, mas desligados 36.294. A conta só não foi pior graças à Caixa Federal, que teve saldo positivo de 4.676 vagas: entre empregados (6.9599 e desligados (2.283).

DADOS GERAIS – Em 2013 são quase 1,5 milhão de empregos formais (1.464.457), crescimento de 3,7% em relação ao estoque, que chega agora a aproximadamente 41 milhões.

Fonte: Sindicato dos Bancários de SP

.: Veja Mais

SINDBAN participa de negociação que garante PCR maior para bancários do Itaú

Campanha contra o presídio já tem mais de 3 mil assinaturas

Caixa ensaia emperrar negociações na Campanha 2016

SINDBAN TV

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente