.: Bancários e polícias se reúnem para avaliar medidas de segurança nos bancos

Avaliar as medidas e últimas iniciativas tomadas visando ampliar a segurança nas agências bancárias de Piracicaba. É com este objetivo que a Comissão de Segurança Bancária volta a se reunir nesta segunda-feira, dia 23 de julho, às 8h30, no Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, com a participação dos comandos das polícias Militar, Civil, Federal e Guarda Civil, além dos gerentes de bancos.
De acordo com o coordenador da Comissão de Segurança Bancária, José Antonio Fernandes Paiva, nesta reunião estarão sendo avaliados os resultados da campanha “Semana Sem Constrangimento – Segurança é Vida”, desenvolvida pelo Sindicato dos Bancários, no período de 9 a 13 deste mês, nas agências bancárias, de conscientização dos clientes, com distribuição de material, para a importância das portas automáticas, que impedem que se entre armado nos bancos.
Outro ponto a ser abordado será a padronização da orientação das policiais sobre o ingresso de policiais armados nas agências bancárias. No último dia cinco, o Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região realizou manifestação de repudio, em frente à agência da Caixa Federal da avenida Carlos Botelho, contra a atitude de policial militar que chegou a registrar boletim de ocorrência com a alegação de que teria sido “barrado”, no dia três de julho, quando teria tentado entrar armado naquela agência.
Durante a manifestação, o sindicato também elogiou a postura da gerência da agência que agiu de acordo com posição tirada em encontro com as polícias, no último dia 20 de junho, de que todo policial deve se identificar caso queira entrar armado na agência. Além disso, Paiva lembra que ficou estabelecido que, neste caso, a agência deve manter contato com a corporação que o policial pertence para checar os dados, evitando assim que bandidos se passem por policiais e entrem no banco para praticarem assalto e coloquem em risco a vida de bancários e clientes.
Para que casos como estes não voltem mais a ocorrer, é que a Comissão de Segurança Bancária pretende rediscutir este assunto com os comandos das polícias e, se possível, padronizar a orientação sobre o acesso de policiais armados nas agências bancárias. “Temos que fechar qualquer possibilidade que dê brecha para que bandidos possam entrar armados nas agências”, ressalta o coordenador da Comissão de Segurança Bancária.
Nesta reunião também será apresentada uma proposta de um projeto de lei a ser entregue na Câmara de Vereadores, dispondo sobre a instalação de guarda-volumes nas agências bancárias da cidade.

Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124

Youtube

Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Menu
Enviar e-mail para amigo
X



Captcha:
O link da notícia será enviado automaticamente